Pastoral Familiar marca presença no ComVocação 2018

A Pastoral Familiar da Diocese de Osasco esteve presente na edição de 15 anos do ComVocação, em seu estande o principal tema apresentado foi o projeto de Lei que discute a descriminalização do aborto apresentado pelo congresso e que gerou muita polemica. A Pastoral que tem como referência Dom Frei João Bosco, como Presidente da Comissão Episcopal Pastoral para a Vida e a Família na CNBB, e atende aos pedidos da Igreja é contrária a política do aborto que está em pauta.

No espaço houve muita sensibilidade do público ao tema, para dona Maria do Carmo, ninguém pode decidir a vida das pessoas, “é um absurdo o que estão querendo aprovar, ninguém pode decidir tirar a vida de ninguém, isso é um crime”. Para o jovem casal Adriana e Paulo, junto com seu filho João Pedro de 6 anos, aborto é um crime, “Quem realiza aborto deveria ser julgado e preso como assassino, é um crime grave”.

A Pastoral retorna com seu estande no segundo dia do ComVocação 2018, venha conferir!!!!

Por Jefferson Rodrigues - ComVocação Press




ComVocação

ComVocação